top of page
  • joaolead

Entender uma prescrição de lentes de contacto

A prescrição das lentes de contacto tem dois principais objetivos: boa correção visual e conforto na utilização das lentes.

Para isso cada prescrição possui parâmetros que permitem escolher a lente de contacto que melhor se adapta ao seu olho.


Parâmetros da prescrição de uma lente de contacto

Os parâmetros da prescrição das lentes de contacto pode ser subdividida em duas categorias: a componente refrativa (corrige as ametropias visuais) e parâmetros específicos da lente de contacto:


Componente Refrativa

A componente refrativa encontra-se em qualquer prescrição, seja esta de lentes de contacto ou óculos:

  • Esfera (ESF ou PWR): um valor positivo (+) indica hipermetropia enquanto um valor negativo (-) indica miopia.

  • Cilindro (CIL) e Eixo: indica a quantidade de correção necessária para o astigmatismo, enquanto o eixo indica a sua direção em graus.

  • Adição (ADD): este valor apenas está presente em pacientes com presbiopia. A adição indica o valor a ser adicionado à correção esférica de longe que permita visão nítida ao perto.


Parâmetro específicos para lentes de contacto

  • Diâmetro (DIA): este valor representa o diâmetro da lente de contato, medido em milímetros. Um diâmetro adequado garante que a lente esteja ajustada corretamente ao seu olho.

  • Curvatura (BC ou C): este valor indica o raio de curvatura da lente em milímetros. A curvatura é um dado importante para garantir uma boa oxigenação da córnea e conforto no porte das lentes.

A prescrição de lentes de contato é única para cada pessoa, pelo que o seu profissional da visão irá realizar uma análise detalhada da correção refrativa, mas também da saúde ocular, qualidade do filme lacrimal e características da córnea.


O que fazer com a prescrição de lentes de contacto?

Antes de adquirir as lentes de contacto deverá realizar testes com lentes de ensaio para garantir o conforto e boa adaptação. Por isso, após obter a prescrição de lentes de contacto deverá consultar o seu profissional da visão para realizar ensaios. Caso o profissional da visão considere que as lentes de contacto se adequam às suas necessidades e a utilização das lentes seja confortável procede à encomenda das lentes definitivas.

É importante realizar consultas regulares a cada 6 meses para verificar a saúde ocular, e evitar o desconforto e potenciais patologias oculares.


Não ficou esclarecido? Envie as suas questões para o nosso e-mail: geral@clinoptica.pt



17 visualizações0 comentário
bottom of page